• Thich Nhat Hanh

ACTIVIDADE REGULAR
PRÁTICA SEMANAL DE MEDITAÇÃO

c/ PAULO BORGES

 
2ª FEIRA | 18H30 - 20H00

CORAÇÃO DO MUNDO
Av. Duque de Ávila, 95, 3º andar, Lisboa

INSCRIÇÃO

A redescoberta da meditação, em particular da atenção plena (mindfulness), é “a grande revolução silenciosa do século XXI”. A sua prática está cada vez mais presente como resposta a algumas das consequências dos nossos modos de vida: preocupações, cansaço, conflitos, stress, ansiedade, confusão, agitação, dispersão e outras perturbações emocionais. A meditação baseia-se na evidência de que aquilo que todos procuramos - felicidade, saúde, paz e bem-estar - depende menos de factores externos do que do estado interior da mente. A base da experiência meditativa consiste em treinar a mente para manter uma atenção focada, calma e clara na experiência presente, sem juízos nem comentários, o que suscita uma crescente paz interior que permite uma visão mais clara e uma acção mais consciente, empática e eficaz. Daí a meditação ser cada vez mais procurada como via para o autoconhecimento e o desenvolvimento pessoal, a par de estar no centro da investigação neurocientífica, dos cuidados de saúde, da educação e do desenvolvimento sócio-profissional, da liderança e da vida empresarial, da consciência ambiental e da transformação social. A meditação inclui entre os seus imensos benefícios a redução do stress e da ansiedade, a prevenção e tratamento da depressão, a correcção do défice de atenção e o desenvolvimento cerebral e o retardar do envelhecimento.

Nesta prática semanal recordamos que, para além destes benefícios, a meditação é um elemento fundamental de um caminho de realização integral do ser humano, que nos conduz ao pleno despertar da consciência e do coração. A abordagem é a que está exposta no livro “O Coração da Vida. Visão, meditação, transformação integral” (Lisboa, Mahatma, 2015), conciliando práticas da tradição zen de Thich Nhat Hanh e do budismo tibetano, de uma forma aberta a todos, que não implica ser-se budista.

Todos podem integrar o grupo, embora se aconselhe a frequência prévia do nível I dos Cursos de Introdução à Meditação.

PAULO BORGES

Paulo Borges procura seguir a via do Buda desde 1983 segundo a tradição Nyingma do budismo tibetano. Integra a partir de 2012 os ensinamentos de ThichNhatHanhda escola Linji (Rinzai) do budismo Ch’an / Zen. Segue os programas de formação da Comunidade Internacional de Meditação Tergar, sob a orientação de Mingyur Rinpoche. Professor de meditação e filosofia budista desde 1999, tem orientado centenas de aulas, cursos, workshops e retiros em todo o país. Professor de Filosofia da Religião, Pensamento Oriental e Filosofia e Meditação na Universidade de Lisboa.

Cofundador e ex-presidente da União Budista Portuguesa (2002-2014). Ex-presidente (2005-2013) e membro da Direcção da Associação Agostinho da Silva. Cofundador e presidente do Círculo do Entre-Ser. Tradutor de livros budistas, como Estágios da Meditação, de Sua Santidade o Dalai Lama (2001), o Livro Tibetano dos Mortos (2006) (com Rui Lopo), A Via do Bodhisattva, de Shantideva (2007), O Caminho da Grande Perfeição, de Patrul Rinpoche (2007) e O que não faz de ti um budista, de DzongsarJamyangKhyentse (2009).

Autor e organizador de 45 livros, entre os quais O Budismo e a Natureza da Mente (2006, com Carlos João Correia e MatthieuRicard), O Buda e o Budismo no Ocidente e na Cultura Portuguesa (organizador, com Duarte Braga) (2007), Descobrir Buda (2010), Quem é o Meu Próximo? (2014), O Coração da Vida. Visão, meditação, transformação integral (guia prático de meditação) (2015) e Do Vazio ao Cais Absoluto ou Fernando Pessoa entre Oriente e Ocidente (2017).

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

INSCRIÇÕES:

- Preenchendo o formulário: http://goo.gl/forms/0xWseFEpW1 ou
- enviando email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

CONTRIBUIÇÃO:

Mensalidade: 20€ | 5 sessões: 25€ | 10 sessões: 40€ | sessão avulso: 6€
Uma real indisponibilidade financeira não é impeditiva.
Uma contribuição superior ao sugerido é bem-vinda se tiver disponibilidade e sentir ser justo.

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Convém trazer caneta e bloco-notas e roupas confortáveis. Existem cadeiras disponíveis para quem tiver dificuldade de se sentar numa almofada.


PARTILHE ESTE ARTIGO

 Enquanto existir o espaço, enquanto aí existirem seres, possa eu também permanecer para dissipar todo o seu sofrimento. 

~ Shantideva

CONTACTOS
Como chegar a nós

CÍRCULO DO ENTRE-SER

FALE CONNOSCO

COORDENADAS

SEGUE-NOS

Segue-nos nas redes sociais

SEGUE-NOS

Segue-nos nas redes sociais